Pães rústicos


Hoje vou postar duas receitas de pão rústico.

Mas… o que é um pão rústico?

Eu juro que procurei na net informações melhores que as que eu já tinha, mas achei muito pouco. Não que eu me importe em ficar conceituando, até por que blog não é enciclopédia, mas minha vontade de experimentar esses pães surgiu justamente do tanto que ouvi falar deles em programas de receita, blogs, sem entender do que se tratava.

Pelo que entendi (corrijam-me se estiver errada) o pão rústico é um pão que mantém ou tenta imitar as antigas técnicas de fabricação de pães, levando muito tempo para ficarem prontos, o que resulta em grande diferença na textura, aparência e sabor dos pães com os quais estamos mais habituados a consumir.

Uma das características mais marcantes é que sempre são pães “duros”, com a casca grossa ou massa mais pesada. Por isso são usados em receitas que exijam do pão essa textura, como por exemplo, as Bruschettas.

Portanto, só teste essas receitas se você estiver disposto a, como eu, conhecer novos sabores de pão. Se você só gosta de pão fofinho e branquinho pra comer com manteiga e queijo, essas receitas talvez lhe decepcionem.

1. Pão preguiçoso (do Nigella Express, com adaptações)

  • 200 gr de aveia ou granola (ou uma mistura dos dois)
  • 325 gr de farinha de trigo integral = +/- 3 xícaras não muito cheias
  • 6 gr de fermento biológico (para pães) = meia colher de chá
  • 1 colher de chá de sal comum
  • 250 ml de leite
  • 250 ml de água
  1. Misture os ingredientes secos numa tigela grande, depois acrescente o leite e a água e misture bem.
  2. Coloque a mistura numa fôrma de bolo inglês untada e enfarinhada e coloque no forno desligado e ligue a 180 graus com a porta semi aberta, por 45 minutos.
  3. Feche a porta do forno e asse por mais 1 hora ou até que ele fique dourado.

Esse pão é delicioso, e super saudável já que é 100% de farinha integral. Não dá trabalho nenhum (por isso o nome preguiçoso), em compensação fica bastante tempo no forno. Aqui em casa ele foi muito bem com requeijão no café da manhã e com o antepasto de berinjela no jantar.

2. Pão rústico

  • 3 xícaras de farinha de trigo
  • 1/4 de colher de chá de fermento para pão
  • 1 1/2 colher de chá de sal
  • 1 e 1/2 xícara de água
  1. Misture os ingredientes secos numa tigela grande e depois acrescente a água e misture muito bem por 1 minuto sem parar
  2. Cubra a tigela com filme plástico e deixe descansar em temperatura ambiente por 18 horas (é isso mesmo)
  3. Disponha numa bancada BASTANTE farinha de trigo e despeje a massa em cima. Faça um movimento como se estivesse dobrando um envelope e cubra com filme plástico por 15 minutos (para sair as bolhas)
  4. Pegue um pano de prato de algodão, salpique farinha de trigo integral, ou de milho, ou de trigo mesmo e coloque a massa do pão por cima
  5. Salpique farinha por cima, feche o pano e deixe descansar por 2 horas.
  6. Aqueça o forno a 225 graus, coloque uma panela de ferro, vidro ou cerâmica com tampa que possa ir ao forno por 15 minutos para aquecer
  7. Retire a panela com cuidado, coloque a massa dentro e leve ao forno tampada por 30 minutos
  8. Retire a tampa e asse por mais 20 minutos

Esse pão não é muito grande, serve umas três pessoas com fome ou quatro menos famintas.

Ele deveria ter uns cortes em cima, que eu deveria ter feito, desculpa aí.

A casca dele é bem grossa, e o sabor delicioso. Ele é ideal para fazer as bruschettas ou retirando o miolo e colocando pra servir porções individuais de uma deliciosa sopa de queijo, hummmmm!

Ele poderia ser chamado de pão preguiçoso pelo tempo que fica fermentando e por não precisar de sova, se não fosse o trabalhinho que dá para quem o faz, mas que vale a pena e a família agradece =)