Escondidinho


Desde que li sobre o Espaço gourmet cozinhando escondidinho na seção de gastronomia do Portal NE10 fiquei num pé e noutro pra conhecer. Lá fomos eu, o marido e um casal querido de amigos em busca do restaurante que realmente fica beeeeem escondido MESMO. Mas a proposta é justamente essa, e quando finalmente encontramos o lugar e atravessamos a porta, só tivemos uma grata surpresa atrás da outra.

Trata-se de uma casa onde mora o talentoso Chef Rivaldo França, que de tanto amor pela culinária pernambucana criou um espaço inusitado, com ares de boteco e ao mesmo tempo bem aconchegante para servir suas criações. É que ele usa na decoração elementos cheios de história pra contar, muitos deles pertencem à família e juntos proporcionam um clima agradabilíssimo pra quem procura não só um lugar pra comer bem, mas uma experiência gastronômica. Infelizmente ele não estava presente no dia, mas fomos tratados, como dizia minha vó “a pão-de-ló”, pelos seus familiares, que trabalham junto com ele. Se você se encantou até agora com a decoração do lugar, prepare-se para a melhor parte…

Pra começo de conversa fomos recepcionados com um caldinho de feijão servido em copinhos de barro, cortesia da casa. Amei! De entrada provamos a Moqueca de camarão na quengaEscondidinho de banana da terra com carne de sol e o tradicional Escondidinho de charque. Com exceção da moqueca (R$7,90), os escondidinhos custaram cada um R$ 3,00. Um mais delícia que o outro.

De prato principal nos rendemos ao Pirão de coalho na cumbuca virada que acompanha feijão verde, carne de sol puxada na manteiga de garrafa e pedaços de massa crocante. A cumbuca vem assim, viradinha mesmo, achei isso tão charmoso… O cardápio indicava que eram pratos individuais, mas como se pode ver, são pratos fartos que servem tranquilamente duas pessoas. Teve também o Baião de nós composto de  feijão verde, arroz, calabresa, carne de sol e queijo coalho puxado na manteiga de garrafa. Comida deliciosa, bem temperada e muito barata, cada prato custou ínfimos R$ 9,90(!!!).

Na hora de pedir a sobremesa levaram até a nossa mesa um chapéu recheado de trufas que são produzidas pelo próprio Chef, com recheios, pelo menos pra mim, inimagináveis como queijo do reino, macaxeira, jaca e bolo de rolo. Mas também tem os sabores tradicionais. O que provei, de cachaça, era uma delícia. Preço unitário R$ 1,00.

Mas estávamos ansiosos pra provar o Triângulo amoroso, que é nada mais nada menos que uma fatia de bolo de rolo servida sobre chocolate derretido e coberta com uma bola de sorvete. Maravilhosa! Preço unitário de R$ 6,90.

Pagando apenas R$ 25,00 por pessoa, saímos de lá satisfeitíssimos, muito encantados com o lugar, a comida, o atendimento e prometendo voltar pra ontem! Mas a tarde também teve o tempero especial da companhia da Fernanda e do Claudio, pense numa gente de 1ª qualidade…

Terminei esse post com a impressão de que por mais que eu tente contar pra vocês o quanto gostei, só mesmo indo lá pessoalmente pra saber. Então se você mora em Recife e ficou com vontade de conhecer, lá vai o endereço:

Espaço Gourmet Cozinhando Escondidinho 

Rua Doutor Tomé Dias, 08, Casa Amarela

Telefone: 9669.3924 | 8618.6781

Abre para almoço todos os dias, e à noite, apenas por reserva.

É só seguir pela estrada do arraial (continuação da Rosa e Silva) e entrar à direita no Mercado de Casa Amarela. Antes dos correios, entrar à esquerda.. sobe uns 200m e chega no lugar. E não adianta perguntar pra ninguém lá por perto, que ninguém sabe onde fica. Ó o mapa aí em baixo:

Fotos: Filipe Levi <3