Cebola Piquée


Conheci a cebola piquée em um livro de receitas que indicava seu uso no preparo de uma dobradinha. 

Nunca preparei a dobradinha, mas fiquei curiosa pelo resultado que a combinação cebola+cravo+louro provocaria.

A única informação que o livro trazia era que se tratava de uma técnica francesa, mas vamo combinar que pelo nome, era meio óbvio né. Então resolvi que ia usá-la em um caldo de legumes, que mais tarde ia cozinhar lentamente um risoto.

Pra começo de conversa, quase que eu começo a tomar o caldo ali na hora que começou a borbulhar, já que um cheiro simplesmente embriagante começou a invadir a casa inteira. Mas me controlei e fui até o fim no preparo do risoto, e o resultado foi surpreendente. O cravo conferiu um sabor um tanto exótico, mas suave,  sem brigar com os demais temperos. Totalmente harmonizado, perfeito. O louro é aquele cheiro maravilhoso que todo mundo já conhece e a cebola dispensa comentários. Os três juntos proporcionam “aquele” upgrade na receita, apesar de serem ingredientes tão básicos e sempre tão presentes na nossa cozinha. Para usar em uma sopa, caldo de carne ou galinha, molhos… super recomendo, estou pensando até em testar no feijão, e o preparo é muito simples:

  • Faça um corte na cebola
  • Introduza uma folha de louro no corte
  • Espete alguns cravinhos (a recomendação é que se use 3, na foto tem 4 por que eu sou exagerada) ao redor da cebola

Você pode usar também só metade da cebola se a quantidade de caldo for pequena (tipo 500ml).

Nesse link você encontra outras possibilidades de prepará-la. Não sei vocês, mas eu viciei nesse negócio =)