Tapioca de dois palmos


Eu sei que tapioca todo mundo conhece. Mas uma tapioca gigante dessa, ate onde eu sei, só tem no Café da Priscila. E nesse caso eu posso falar, tamanho é documento sim. Pense numa tapioca boa?!

A minha eu pedi recheada com castanha do Pará (que alguns chamam de castanha da Amazônia, outros de castanha do Brasil) com queijo coalho, mas as opções de recheio variam muito. Elas são grandes assim pois são preparadas em uma chapa enorme sob o fogão de lenha…

O preço é salgadinho, paguei 12 pilas, mas a verdade é que pessoas normais não conseguem comer uma tapioca dessa inteira (por que né, tem gente pra tudo nessa vida), então digamos que ela é uma tapioca para se comer em família. Assim também sobra espaço pra provar outras delícias, que não são poucas. Eu mesma saí do café da manhã almoçada e praticamente jantada também. Enfim, tantas coisas pra mostrar, mas vou me deter a esses salaminhos de cupuaçu que são simplesmente a perfeição em forma de doce, pois contrasta o azedinho característico da fruta com a crocância da castanha… hummm!

Vou terminar esse post logo por que o nível de calorias já está acima do aceitável né…