Polenta de coco com camarões


Desde que fiz polenta usando caldo de carne caseiro fiquei me perguntando como seria experimentar prepará-la com leite de coco. E pra combinar com uma polenta com leite de coco, só consegui imaginar um belíssimo camarão rapidamente cozido em molho de tomate. Como hoje é feriadão, dei folga pra Cris e aproveitei pra postar essa combinação que justifica uma saidinha da dieta né? Se bem que tirando o leite de coco, que é mais calórico, o resto é tranquilo =) E ah, gente, feriado é feriado. É dia de fazer alguma coisa fora do comum, pra dar uma escapada da rotina, renovar os ares, ou pelo menos, os “paladares”! 

Prestenção:

  1. Você vai pegar 500g de camarão fresco sem casca, nem rabo nem cabeça. Limpinho. Tempere com limão, sal e pimenta (tudo bem que o limão dá uma pré-cozida no camarão, tem gente que acha o fim, mas eu gosto de colocar, então eu coloco. Você pode colocar uma cachacinha também, fica ótemo). 
  2. Aí você vai ter o estressante trabalho de refogar uma cebola pequena cortada grosseiramente em um pouco de azeite, até ficar transparente. 
  3. Depois você vai ter que abrir uma lata de tomates pelados, com a faca fazer uns cortes nos pedaços dentro da própria lata mesmo e juntar o conteúdo da lata à cebola refogada, junte também os camarões (depois de ficarem uns 20 min marinando) e cozinhe por alguns minutos, não muitos, camarão cozinha rápido então no máximo em 6/8 minutos você já pode acertar os temperos e apagar o fogo.
  4. Agora você vai ferver 3 xícaras de leite de coco (porção para duas pessoas), que no caso eu usei o fresco, mas pode ser o de garrafinha também. 
  5. Enquanto ele está ali borbulhando, tempere o leite de coco com sal e pimenta do reino à gosto e acrescente uma xícara de farinha de milho (fubá, mas também pode usar flocão) mexendo sem parar até virar uma gororoba que solta do fundo da panela. 
  6. Apaga o fogo, mistura cheiro verde picado e se tiver, parmesão ralado, mas eu nem tinha então nem coloquei.

Agora é só servir a polenta quente ainda com uma generosa porção de camarões por cima, fazendo uma linda combinação de se ver, e principalmente de se comer. Aproveitei a ideia de uma boleira de mão cheia, a Renata Prazeres, e peguei uma mini-fôrminha  de buraco no meio, untei com azeite e enchi de polenta (como quando se prepara cuscuz paulista), depois desenformei no prato e usei a cavidade para servir os camarões, não ficou lindo? Achei legal pra de repente servir em um jantar, não é um ideia legal?

Se você não tiver tomates pelados enlatados, pode fazer um refogadão caseiro, do jeito que você mais gostar. A única regra é ter um molho bem suculento pra regar sua polenta, que fica bem suave com o toque de leite de coco. Quer saber? Amei!!! Se bem que a chance de dar errado era bem remota, né.

Enfim, pessoas lindas, só desejo uma coisa nesse feriado: carpe diem!