Gelinho de couve


Pra muita gente não é nenhuma novidade, mas como sempre me perguntam como faz, pra que serve, achei que valia um post, nem que fosse pra chover no molhado =)

O gelinho de couve virou uma mão na roda pra quem aderiu ao suco verde, que virou queridinho de quem está na vibe #detox, sabe modinha saudável? Pois é. Dizem que dá uma força e tanto pra amenizar a retenção de líquidos, melhora a pele, e sinceramente, um suco com tanta coisa boa dentro só pode fazer bem mesmo e por isso tratei de incorporá-lo ao meu café da manhã assim que minha dieta permitiu. 

O processo do gelinho é simples: lavo bem as folhas e depois bato no liquidificador com água suficiente só para cobrir as lâminas. Daí é só pulsar até virar um creminho verde que depois vai para a fôrma de gelo e freezer. Já durinho, coloca tudo num saquinho e você garantiu aí umas duas semanas de praticidade.

Existem váááárias receitas de suco verde, a que eu uso todo dia é:

  • 1 maçã com casca
  • 1 colher de chá de gengibre em pó (achei mais prático, mas pode usar o gengibre in natura!)
  • 2 gelinhos de couve
  • Suco de 1/2 limão
  • 1 punhado de salsa (poder ser hortelã)
  • água (pode ser água de coco)
  • Adoçante à gosto

Daí é só bater bem e NÃO coar, tá? 

Dia desses coloquei alguns gelinhos na panela do arroz, e ficou delícia!!! Achei que o arroz ia ficar verde, mas ficou praticamente imperceptível, e o gostinho ficou maravilhoso. Então se seus filhos são do tipo da minha, que é super chatinha pra comer qualquer coisa verde, #ficadica =)