Casquinha de siri


Há muito tempo tinha vontade de preparar casquinha de siri, sendo que a pessoa só comeu casquinha uma vez na vida e nem lembrava o sabor que tinha. Mas isso é o de menos, eu queria e pronto. Quando bati o olho na bandejinha de carne de siri no supermercado, me agarrei com ela e trouxe pra casa. Catei algumas receitas e, como sempre, fui fazendo meio na intuição. Na verdade é um refogado com leite de coco e dendê que depois vai ao forno pra gratinar com a farofinha por cima. Porque eu sempre achei que era mais complicado do que isso, gente? Casquinha de siri é muito amor!

  • 300g de carne de siri
  • 1/2 cebola picada
  • 1 dente de alho
  • 1 tomate sem semente picado
  • 2 colheres desopa de extrato de tomate
  • 1/2 xícara de leite de coco
  • Salsinha picada à gosto (ou coentro)
  • Azeite de dendê para finalizar
  • 1 xícara de panko ou farinha de rosca
  • 4 colheres de sopa de parmesão ralado
  • Sal e pimenta do reino à gosto
  1. Refogue a cebola com o alho
  2. Junte o tomate e o extrato de tomate e refogue até ficar macio
  3. Acrescente a carne de siri e tempere com sal e pimenta
  4. Junte o leite de coco, misture e tampe a panela, deixe cozinhando em fogo baixinho por 5 minutos
  5. Acerte os temperos se necessário, acrescente um fio de azeite de dendê (ou o quanto você preferir) e a salsinha e desligue o fogo
  6. Depois de misturar até o dendê deixar tudo com aquela cor linda, transfira o refogado para ramequins ou um refratário médio 
  7. Misture o panko ou farinha de rosca com o parmesão e cubra os ramequins
  8. Leve ao forno que já deve estar pré-aquecido no máximo e deixe por lá até a farofinha ficar douradinha

Sabe que eu fiquei pensando que deve ficar uma delícia preparar a mesma receita usando frango desfiado? E quem preferir uma versão mais light, é só tirar o dendê e substituir a farofa de panko por farinha de linhaça dourada (igual tia Mimis ensinou aqui), viu! Leite de coco uma vez na vida não mata não. E se você não tiver casquinhas, ligue não, faça onde der na telha. Porque quem não tem casquinha, caça com ramequim =) 

Bom final de semana!

P.S.: Hoje é aniversário do marido, este santo homem que me aguenta na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza, na tpm e na dieta zero carb. Amor, não resisti, tinha que fazer esta homenagem a você e sua mania de contar todas as nossas histórias ao contrário =) Com amor…