O marido que não cozinha mas que sabe cozinhar


Meu marido não cozinha. Ponto.

Mas vou confessar que no meu íntimo devo boicotar um pouco o acesso dele às panelas, por medo de vê-lo dando pitaco num lugar que até hoje é só e totalmente meu.

Sabe aquelas briguinhas tipo quando o casal dirige e um fica o tempo todo implicando com o outro que está ao volante? Pois é, acho que no fundo, no fundo, beeeeem lá no fundo é isso que temo.

Meu marido não cozinha por pura falta de prática, pois ele é um ótimo cozinheiro na teoria.

Todas as vezes que ele sugere que eu faça alguma coisa, acrescente algum ingrediente, o resultado é excelente.

Então sempre digo que, se intuição é 50% do caminho na hora que estamos inventando na cozinha, ele já tem meio caminho andado pra ser um grande cozinheiro, pois nunca vi alguém com faro tão aguçado pra novas misturas de ingredientes.

Pois bem, hoje eu estava preparando o almoço pra Patty do Aqui na cozinha, blogueira de Garanhuns que é um amor de pessoa e que pude conhecer pessoalmente lá no Blogcamp-PE. Ele me perguntou o que ia preparar e uma das coisas era um purê gratinado. Basicão, eu só ia fazer o purê normal e acrescentar creme de leite e levar pra gratinar, só pra ficar uma coisinha diferente. Aí ele disse: coloca bacon! Na hora pensei… nhami!

Então o purê gratinado, com pitaco do marido, ficou assim:

  • Batatas cozidas e amassadas (1 por pessoa)
  • Leite
  • Manteiga
  • Creme de leite
  • Bacon picado em cubinhos
  • Cebola ralada e alho amassado
  • Sal e noz moscada à gosto
  • Parmesão ralado para polvilhar
  1. Coloque o bacon pra dourar em um nadinha de azeite, ele já vai soltar mais óleo então não precisa ser muito
  2. Quando o bacon estiver crocante, acrescente a cebola e o alho, mexendo até dourar
  3. Junte a batata já cozida e amassada, o leite, um tanto de manteiga, creme de leite, sal e noz moscada à gosto, até que vire um purê homogêneo e cremoso
  4. Despeje em um refratário untado com manteiga, polvilhe o parmesão e leve pra gratinar a 200º até ficar dourado na superfície

Gente, sei que fiquei devendo as quantidades, mas é que foi tudo no olho mesmo, mas não é difícil, é só ir provando que o seu próprio paladar vai dizer o que está faltando.

Patty, adorei sua visita e o bate-papo gostoooooso que duraria muitas horas mais, mas enfim, o dever nos chamava. Espero as fotos hein! Aí sim faço um post lindão cum nóis.

Gente, vocês não tem noção de como a Fernanda alugou o colo da Patty, minha filha simplesmente rouba as visitas que vêm aqui em casa só pra ela, vê se pode?