Cuscuz com coco

receita de cuscuz com coco

Antes de conhecer o cuscuz pernambucano, o cuscuz que conhecia era esse: com coco.

A despeito disso, nunca tinha preparado um. O que comia, e que era maravilhoso, era o que Dona Marlene fazia. Dona Marlene era a dona da lanchonete que ficava no prédio onde eu trabalhava. De vez em quando eu ia lá e passava um fiado pra salvar aquele dia em que a correria não me tinha permitido tomar café em casa.

Escrevendo esse post me dei conta que um dia Dona Marlene me deu umas dicas de como prepará-lo. Talvez por isso não quis olhar nenhuma receita, fui na intuição. Tá bom, dei uma pesquisada na internet, mas no fim acabei fazendo do jeito que achava que era. Ou talvez do jeito que Dona Marlene me ensinou e que minha memória guardou lá no fundinho do baú. Bom, eu vou logo contar como fiz, e vocês me dizem se fazem igual ou diferente, ok?

receita de cuscuz com coco

Cuscuz com coco

Pitadinha
Receita de cuscuz doce feito com coco ralado, flocão de milho e leite de coco
Prep Time 5 mins
Cook Time 15 mins
Total Time 20 mins
Course Café da manhã
Cuisine brasileira

Equipment

  • cuscuzeira

Ingredients
  

  • 2 xícaras de chá de flocão
  • 1 xícara de chá de água
  • 1 pitada de sal
  • 50 g de coco ralado seco
  • 100 ml de leite de coco
  • 100 ml de leite
  • 1 colher de sopa de açúcar

Instructions
 

  • Em uma vasilha coloque o flocão para hidratar com a água, metade do coco ralado e o sal, deixe repousar por 5 minutos
    2 xícaras, 1 pitada de sal, 50 g de coco ralado seco, 1 xícara
  • Prepare a cuscuzeira, adicione a água no fundo e distribua a massa de cuscuz sem apertar muito
  • Tampe e leve para o fogo médio e cozinhe por 15 minutos
  • Em um outro recipiente misture o leite de coco, o leite e o açucar e misture até dissolver
    100 ml de leite de coco, 100 ml de leite, 1 colher
  • Quando ficar pronto desenforme e cubra com a mistura de leites
  • Salpique o restante do coco ralado e sirva.
    50 g de coco ralado seco
Keyword cuscuz com coco, cuscuz doce, flocão doce

Acho que é isso né? Ou tem algum segredinho por aí que uma alma caridosa queira me contar?

No post anterior (do purê de batata com alho) aprendi tanta coisa nos comentários, cada dica preciosa, uma melhor que a outra… Por isso que amo esse blog. O povo pensa que eu ensino alguma coisa, quando na verdade estou aqui só aprendendo, aprendendo e aprendendo com vocês =)

Não tem uma cuscuzeira? Nesse post de cuscuz recheado eu te ensino cozinhar o cuscuz ainda assim; No microondas ou na panela de vapor.

Aprendi outra forma de cozinhar cuscuz sem cuscuzeira:
  • Coloque o cuscuz em um prato fundo de diâmetro um pouco maior do que o diâmetro de uma panela.
  • Envolva com um pano limpo, fazendo um nó na parte do fundo do prato.
  • Coloque água até 1/3 da altura da panela e, quando levantar fervura, “tamper” a panela com o prato (o cuscuz deve ficar virado para baixo).
  • Deixar cozinhar em fogo baixo por 10-15 minutos. Servir o cuscuz no prato de cozimento.

Guardando o cuscuz pronto:

Sobrou cuscuz e você deseja guardar para depois?

Antes de mais nada certifique-se que o cuscuz está frio antes de levar para a geladeira. Isso garante que o cuscuz não soe na geladeira e estrague. Após frio, cubra com plástico filme e guarde na geladeira por até 2 dias.

Então, tire da geladeira e aqueça no microondas de 30 em 30 segundos até ficar quentinho.

Quase todo o milho no Brasil é transgênico, mas é possível achar fubá orgânico em alguns lugares, incluindo no Armazém do Campo, a loja do MST ou na amazon, para quem prefere pedir online.

Como Associado da Amazon e membro de outros programas de afiliados, ganho uma pequena comissão com compras qualificadas.