Quiche de tucumã


Depois que aprendi com Cecília o que é uma quiche de verdade, já preparei algumas, que nunca postei no blog. Mas essa, ah… essa tinha que vir, por que já estou começando a me despedir da terrinha pra voltar pra casa, e portanto é minha última homenagem. 

Eu sei que muitas coisas das quais falei nos últimos dias só são acessíveis pra quem mora pra essas bandas do Brasil, mas curti muito saber que mesmo assim, muita gente gostou de conhecer a culinária dessa região, que é muito rica e muito maior do que o que pude mostrar. 

De qualquer forma, essa receita pode e deve ser feita com o que você quiser de recheio. Eu fui de provolone com tucumã, por que na hora que vi o saquinho de polpa de tucumã na minha frente comecei a sonhar com essa quiche. E vocês sabem que pra cozinheiras obsessivas como eu, quando dá o siricutico, ou faz a receita ou morre.

Eu adaptei as quantidades para os ingredientes que tinha à minha disposição. Na receita da Cecília que usei de base, você vai encontrar uma lista maior de ingredientes. A fôrma que usei foi de 24cm.

Para a massa:

  • 250g de farinha de trigo
  • 140g de manteiga
  • 2 ovos
  • 1 colher de sopa de leite frio

Para o recheio:

  • 150g de provolone picado/ralado
  • 200g de polpa de tucumã picada
  • 2 caixas de creme de leite
  • 4 ovos
  • Sal e pimenta à gosto
  1. Misture os ingredientes da massa até obter uma textura lisa e elástica
  2. Enrole em papel filme e reserve por uma hora (aqui coloquei na geladeira, por causa do calor)
  3. Aqueça o forno a 180º
  4. Abra a massa com um rolo e forre o fundo e as laterais da fôrma
  5. Faça furos com um garfo e leve para assar por 10 minutos
  6. Misture o creme de leite com os ovos, tempere com sal e pimenta (lembre-se que o queijo já é bem salgadinho)
  7. Retire a massa do forno, disponha a polpa de tucumã e o queijo e cubra com o creme
  8. Leve para assar por 40 minutos ou até que o recheio esteja dourado e firme no centro

Eu polvilhei um pouco de provolone raladinho sobre a quiche antes de assar. A mistura de queijo e tucumã já é super usada em Manaus, então eu tinha certeza que ia dar certo. Mas você pode usar outro queijo, presunto, bacon, frango, legumes… pode fazer a massa integral também. 

Lá em casa é engraçado por que o  marido come a fatia da quiche e sempre deixa a borda no prato. E eu sempre vou lá e “roubo” pra mim. Veja como são as coisas… a parte que ele menos gosta é justamente a que eu mais aprecio. Como assim a pessoa não gostar daquela casquinha crocante? Mas o fato é que, para minha sorte, ou não, acabo abocanhando a dita cuja duas vezes, a minha e a dele. Agora vê se eu não tenho razão quando digo que ele é a tampa da minha panela? <3