Rocambole de sardinha


Levanta a mão que nunca comeu um sanduichinho de patê de sardinha aí?!

De festinha no escritório à aniversário de criança, todos nós já experimentamos pelo menos um na vida.

Mesmo sendo olhado meio de lado, nunca vi sobrar um sequer. Não mesmo. Mas o fato é que ele sempre se sentiu o primo pobre em meio a folheados, pastéis de forno e bolinhas de queijo. Principalmente depois de ser citado em rede nacional pelo saudoso Caco Antibes como a cafonice em forma de canapé.

Mas vamo combinar gente… eu AMO esses danadinhos!

Então tá aí uma versão digamos, mais… charmosinha de você apresentar seu belisquete:

  • Retire as bordas de seis fatias de pão de fôrma e disponha duas fileiras de 3 sobre papel filme
  • Com o rolo de macarrão amasse as fatias de pão para que fiquem bem fininhas
  • Passe uma camada de requeijão sobre as fatias
  • Distribua uma camada generosa de patê (não precisa receita né gente, mas vamo lá: amasse as sardinhas escorridas com um garfo e misture requeijão até chegar na textura desejada; se quiser acrescentes temperinhos)
  • Utilizando o papel filme vá enrolando as duas fileiras formando um rocambole
  • Enrole em papel filme e deixe na geladeira por 2 horas pelo menos
  • Corte as fatias e sirva

Você pode ainda polvilhar orégano no papel filme e passar uma camada de requeijão no lado das fatias que ficarão virados para baixo, assim quando você “desenformar” e cortar o rolinho ele terá um visual mais bonito.

Agora pensa comigo: se ao invés de sardinha, a gente colocar doce de leite pastoso hein? Geléia não, que eu testei e não ficou legal… mas o doce de leite, ah esse eu hei de testar e muito em breve. Me aguardem hohohoho…