Estrogonofe de shiitake


Me pareceu bem óbvio que esta receita não tinha erro, afinal, cogumelo é um ingrediente obrigatório em um estrogonofe que se preze. E como na minha cozinha mando eu, abri mão da carne e usei apenas ele, o mais perfumado e delicioso dos cogumelos (na minha leiga e humilde opinião, ok?): o shiitake. 

Aliás uma das maiores delícias de poder preparar a nossa própria refeição é poder pegar uma receita super tradicional e prepará-la do jeito que a gente quer. Sem protocolo, sem vergonha e sem medo. Adaptação é a palavra de ordem e a única proibição é não confiar na nossa intuição já que cozinha é 50% técnica + 50% intuição. A técnica a gente aperfeiçoa com os erros, leitura, pesquisa, repetição. A intuição vai junto, olhando para os erros que ficaram pra trás e tentando visualizar as possíveis combinações de temperos, ingredientes, texturas… E é assim que a gente vai se fazendo cozinheiro(a). Tem aprendizado mais gostoso que esse? Tem nada…

Mas voltando ao estrogonofe, só digo que ele ficou uma delícia. Não arrisco dizer que é vegetariano porque cada vez que uso este termo no título da receita vem um monte de vegetariano me dar um puxão de orelha porque a leiga aqui não aprendeu ainda a diferenciar os vários tipos. Sorry, gente, um dia eu aprendo =(

  • 80g de shiitake seco (prefiro comprar o cogumelo inteiro, os que já vem fatiados são muito borrachudos)
  • 1/2 cebola picada
  • 2 dentes de alho
  • 2 colheres de sopa de shoyo
  • 1//2 xícara de conhaque
  • 1 cx de creme de leite
  • Sal e pimenta à gosto
  • Azeite para refogar
  1. Coloque os cogumelos para hidratarem em água quente e deixe descansar por meia hora
  2. Retire-os da água (reserve o caldo para usar depois), retire o máximo de caldo apertando com as mãos e fatie-e finamente
  3. Refogue na panela a cebola e o alho em um fio de azeite
  4. Junte o shiitake fatiado, refogue e junte o conhaque, vire ligeiramente a frigideira para que o líquido entre em contato com a chama do fogão, para flambar
  5. Mexa rapidamente o conteúdo da panela até que o fogo se apague, em seguida junte o shoyo, tempere com sal e pimenta e abaixe o fogo, tampe a panela e deixe cozinhar por 5 minutos (se secar demais, vá colocando um pouco do caldo reservado)
  6. Verifique o ponto do cogumelo (deve estar macio), o tempero e, se necessário, cozinhe por mais tempo
  7. Quando os cogumelos estiverem no ponto, apague o fogo, junte o creme de leite e sirva acompanhado de arroz e batata palha

Se você ama estrogonofe e ama shiitake, toca aqui o