Ragu apressadinho


Pense na incoerência deste título, rsrs. Eu explico: é que ragu trata-se, em essência, de um molho com carne e tomates que fica horas e horas cozinhando. Mas como proceder quando a buchuda tá com vontade de comer ragu e só falta uma hora pro almoço? Nem pensei duas vezes, convoquei minha amiga panela de pressão e problema resolvido. Eu queria uma carninha molinha, desmanchando, sabe? Não era carne de panela, era ragu que eu queria. Por isso meu ragu saiu assim, apressadinho, mas gostosinho gostosinho…

  • 1kg de músculo
  • 1/2 cebola picada
  • 200g de polpa de tomate (se preferir, use uma lata de tomates pelados)
  • 1 cenoura ralada
  • Sal e pimenta do reino à gosto
  • 1 fio de azeite para refogar
  • 1 folha de louro
  1. Corte o músculo em cubos grandes e coloque uma chaleira com bastante água para ferver
  2. Refogue a cebola no azeite até dourar na panela de pressão
  3. Junte o músculo e refogue junto com a cebola
  4. Acrescente a polpa de tomate, a cenoura, tempere com sal e pimenta e a folha de louro
  5. Cubra o conteúdo da panela com água quente, tampe
  6. Assim que começar a fazer o barulhinho, deixe o fogo bem baixinho cozinhe por 40 minutos aproximadamente
  7. Abra a panela e verifique o ponto da carne: ela deve estar desmanchando só com a mexida da colher
  8. Verifique os temperos e a textura do molho, caso prefira, deixe secar mais um pouco com a panela aberta e o fogo alto

Se quiser, pode finalizar com salsinha fresca, fica ainda melhor. Eu não coloquei porque tem uma pessoinha aqui em casa que está na fase de catar tudo o que é verde na comida, então quis evitar stress na hora do almoço. Ragu geralmente é servido com polenta, ou alguma massa, mas aqui ele foi pro prato junto com arroz e feijão mesmo. Se bem que fiz mesmo foi pensando em sobrar pra poder comer no pãozinho francês hohohoho.

~Que meu obstetra nunca leia isso~