Polenta grelhada


Pra falar a verdade, eu queria mesmo era polenta frita. Mas a consciência não deixou, me curvei ao bom senso e plim, lembrei da versão grelhada, que nunca tinha testado. O que aliás, foi um grande erro, afinal, foi uma das melhores versões de polenta que já comi. Eu e o marido já confabulamos as próximas versões incrementadas com gorgonzola, queijo coalho, carne seca desfiada, hummm! 

Para duas pessoas, eu usei:

  • 3 xícaras de água
  • 1 xícara de farinha de milho (eu só tinha flocão, então foi o que usei)
  • Sal e pimenta do reino à gosto
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • Parmesão ralado à gosto
  • Azeite para pincelar
  1. Unte uma assadeira pequena com azeite/óleo e reserve
  2. Coloque a água para ferver com sal e pimenta do reino à gosto
  3. Com a água fervendo, abaixe o fogo e adicione a farinha de milho sem parar de mexer, para não empelotar
  4. Cozinhe a polenta sem parar de mexer até que comece a soltar do fundo da panela
  5. Apague o fogo, junte a manteiga e o parmesão, mexa até incorporar
  6. Despeje a polenta na assadeira untada e espere esfriar completamente
  7. Corte a polenta no tamanho desejado e pincele azeite dos dois lados
  8. Leve uma frigideira antiaderente ao fogo alto e quando estiver bem quente grelhe as fatias de polenta

Aqui em casa elas foram o único acompanhamento para um peixinho super super simples de fazer que aprendi lá no Panela de Barros, blog muito legal que conheci dia desses. Fiz com filé de linguado e usei tomates pelados na receita, ficou parecendo uma moquequinha de forno, bem leve, muito prática e delícia. Quem quiser conferir a receita é só clicar aqui.