Omelete espanhola – outra versão


A omelete espanhola já faz parte da nossa mesa há muito tempo… Ela é sempre uma prática e boa opção que dá até pra servir só com uma saladinha e garantir uma refeição completa, com todos os grupos.

Mas desta vez eu variei um pouco e incrementei com ingredientes que não fazem parte da receita tradicional, e que besteira a minha de nunca ter feito isso antes, viu… Afinal, a melhor parte de cozinhar é poder mudar uma receita e deixá-la ao nosso gosto. Você vai precisar de uma panela ou frigideira que possa ir ao forno, já que ela é cozida em duas etapas. Providenciada a panela, vamos à receita:

  • 4 ovos
  • 2 batatas pequenas (ou uma grande) cortadas em cubos grandes e cozidas (com a casca)
  • 1 xícara de queijo de sua preferência cortado em cubos
  • 1 talo de alho poró fatiado (se não tiver, pode usar 1 cebola pequena)
  • 1 xícara de shitake cortado em fatias finas (eu usei o fresco, mas você pode usar o seco hidratado em água quente por 30 minutos ou trocar por outro cogumelo de sua preferência)
  • 1 fio de azeite para refogar
  • 1 colher generosa de manteiga
  • Sal e pimenta do reino à gosto
  1. Refogue o alho poró com o shitake em um fio de azeite
  2. Em uma tigela bata os ovos, junte as batatas cozidas, o queijo e o shitake refogado com o alho poró
  3. Tempere com sal e pimenta à gosto
  4. Pré-aqueça o forno a 180 graus
  5. Derreta a manteiga na panela/frigideira em fogo médio, despeje a mistura de ovos, tampe a panela
  6. Assim que as laterais começarem a dourar, apague o fogo e transfira a panela/frigideira para o forno 
  7. Deixe assar até que o centro da omelete esteja firme, espere esfriar um pouco e transfira-a para um prato
  8. Sirva a seguir

Ela fica assim, douradinha por fora e super recheada por dentro. Comida com sustança, sabe como é? Mas sem perder o glamour, porque não é porque é omelete que vai virar bagunça, hohoho.