Pãozinho branco, só que não


É uma coisa bem inusitada, e a princípio pode até parecer estranha, mas esta receita já ganhou zilhões de versões no instagram e quem inventou foi uma fofa linda de viver chamada Tati guidi. A mulher além de linda e um amor de pessoa é cozinheira de mão cheia e vive inventando receitas deliciosas. A massa dela consiste em processar frango cozido com legumes  (ou outras coisas) também cozidos e isso vira uma massa cremosa super versátil que serve pra fazer esfirra, pizza, empada, ou no meu caso, pãozinho! Pra facilitar a coisa, ajuda bastante ter um processador, mas teve gente que se virou com liquidificador ou mixer. Eu tentei mas não consegui muito não, o jeito foi usar o processador mesmo… A proporção é sempre 100g de frango + 50g de legume cozido. Mas eu já fiz  frango + cottage, ricota, colocando um pouquinho de leite desnatado, e deu certo. Como não tenho balança vai tudo no olho mesmo, desde que a massa fique com consistência boa de modelar, dá tudo certo =)

Esse pão aí da foto eu fiz apenas com frango cozido e tofu. Olha que nem de tofu eu gosto, mas ele no pãozinho ficou super gostoso! Então a coisa funciona assim:

  1. No processador junte 2 xícaras de frango cozido desfiado + aproximadamente 1 xícara de tofu picado (eu acho melhor ir colocando de pouquinho e ir batendo pra ver a consistência)
  2. Bata até formar uma massa fácil de modelar e que solta das mãos (às vezes pra deixar mais cremosa coloco um pouco de leite desnatado e vou dando o ponto)
  3. Acerte os temperos, caso necessário
  4. Modele os pãezinhos e disponha em assadeira untada e enfarinhada
  5. Pincele gema de ovo e polvilhe orégano, gergelim ou o que quiser (fui de chia, pra variar)
  6. Asse em forno bemmmm quente, eu coloco o meu no máximo e deixo esquentando enquanto preparo a massa
  7. Asse até ficar douradinho e fofo

Esse é o tipo da receita que vai muito de olho, gente, mas vale super a pena tentar (e insistir). É super gostoso! Quem não quiser usar tofu pode trocar por um legume cozido (couve-flor, brócolis, cenoura), e para os vegetarianos tem a opção de ricota/tofu com legumes também. Pra cada caso é preciso ir batendo aos poucos e sentir a massa, a textura, tem que ficar num ponto legal de modelar (tem quem coloque na geladeira pra deixar a massa mais durinha). Pra fazer tipo pãozinho a versão que eu mais gostei foi essa com tofu porque fica super homogêneo, dá pra cortar ao meio, rechear tranquilo. Renderam 5 pães um pouco maiores que um brioche e unzinho vale um SUPER lanche, horas depois a fome ainda é zero =) Pra inspirar vocês vou postar a foto da pizza feita com essa massa que foi o meu almoço de hoje:

Vou ali agora fazer a versão pão de hambúrguer que o jantar de hoje vai ser sanduíche =)