Farinha de frango


O título deste post devia ser: o que as pessoas são capazes de inventar pra comer pão sem sair da dieta hahahaha. Gente, a fome faz a pessoa desenvolver a capacidade criativa que é uma beleza né? Essa farinha quem inventou foi a Thaís e tipo assim, ainda tô me beliscando pra ver se é verdade mesmo que vou poder comer pão o dia inteiro se der vontade, e um pão delicioso, diga-se de passagem =) Como ele tem feito parte do meu café da manhã todo dia (e do lanchinho, e do jantar…), me senti na obrigação de dividir com vocês essa dica mara!

Engraçado é que minha irmã me mandou recentemente uma farinha de peixe deliciosa que se produz lá na terrinha que utiliza exatamente a mesma técnica, só que em grande escala. Pra conservar tipos de peixe como o acari e tamuatá, que se deterioram super rápido depois da pesca, o povo indígena muito esperto inventou o piracuí, que é o peixe cozido/assado e depois desidratado lentamente em forno a lenha, virando uma farinha, daí o nome –  (pira: peixe + cuí: farinha). 

Foto daqui

Voltando à nossa farinha de frango, é o seguinte: sobrou aquele frango grelhado do almoço que ficou tão duro e ressecado que só de olhar dói o dente? Faz farinha! É só triturar no processador como se não houvesse amanhã e depois levar em uma frigideira pra tostar, mexendo sempre. O ponto é quando ela fica meio crocante. Fica mais ou menos assim:

Se quiser, pode passar no processador de novo pra que ela fique mais fininha ainda, mas sinceramente não acho necessário. Imagina comer uma farofinha ~zero carb~? Titio Dukan pira! Eu guardei num potinho na geladeira, já fiz duas vezes, e em uma das vezes rendeu muito então congelei uma parte no saquinho. Como o serviço pra ser bem feito, tem que ser completo, olha só o pãozinho que a Thaís ensinou:

  • 3 colheres de sopa de farinha de frango
  • 1 ovo
  • 1 colher de chá de fermento para bolo

  1. Mistura tudo no garfo mesmo (como meu frango já tinha sal, não coloquei)
  2. Coloca em um potinho plástico e assa por 1:30min no microondas
  3. Tosta na frigideira ou tostex e pronto!

Já fiz até pizza, gente, ficou delícia! Ao invés de colocar no potinho, coloca a massa em um prato médio e assa pelo mesmo tempo, depois coloca molho de tomate, queijinho, o que mais quiser e mais um minuto no microondas: voilá! Enfim, são infinitas possibilidades =) 

Thaís, a gente te ama tá!